quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Trivial variado

Era assim que minha mãe contratava as empregadas, perguntando se sabiam fazer o trivial simples ou o trivial variado.. E eu lá, aprendendo a ser mulher no mundo das palavras. Se palavras de costuras, o mundo acontecia em tons gelo ou bric, cores que evanesceram, cores de quem tinha it . Se palavras de culinária , além do trivial, havia várias outras. Nas festas, cuba libreleite de onça  coisa que, aliás, podia provocar enxaqueca na mãe. Então, ela deitava no quarto escuro com uma bacia prateada ao lado da cama, pois enjoava. Eu pegava uma cesta de matéria plástica branca, enchia com os brinquedos da gaveta, e ficava brincando no chão ao seu lado.

Herdei muitos traços de minha mãe  e inclusive a enxaqueca.  De vez em quando ela dizia que laranja provocava a dor, ou farinha de trigo.. Mas ela se livrou de tudo aos 40 anos, teve sorte. Do meu lado, o contrário, aos 50 a coisa piorou de um jeito maligno. Há 6 anos meu primo Claudio me indicou o "Santo" Sumax, e  há 2 tento outros tratamentos, coisa que melhorou em muito a dor e rendeu histórias loucas.  Por conta da enxaqueca, não posso comer chocolates ou amendoim, ou queijos gordurosos , se eu lamber um pirulito de chocolate ( como eram gostosos os tais pirulitos de chocolate da Kibon!) vou ter enxaqueca. Sei disso pois de vez em quando não resisto. Mas laranja posso. 

Não sou como a mãe do livro 5 Quartos da Laranja. Que menina terrível! Provocava a mãe só para a pobre ter enxaqueca! Escondia em um lenço cascas de laranja, assim, sempre que queria livrar-se da mãe, pimba, deixava o aroma espalhar-se pela casa e lá ia a mãe para o mundo da morfina.

Era tempo da guerra, tudo era escasso, e, ao que parece, menos a maldade.
Já bem mais velha, filhos criados, ela volta à cidade natal e relembra a guerra, a enxaqueca provocada e fala de comidas. O livro é bom,  é literatura da boa. 

Mas laranja , pra mim , é do bem, e no trivial variado, na linha frango com batatas, exploro Raquel que sabe cortar como um chef! Pica o peito de frango, a abobrinha ( continuam nascendo!) pimentões  e  cebola com maestria enquanto colho as laranjas.. Ah! Eram tangerinas! Paciência, vai assim mesmo. No suco das frutas, uma colher de maisena enquanto os peitos de frango tostam um pouco no azeite da wok.  Depois de tostados, pimentões e cebolas, e o suco de tangerinas com maisena.. Um pouco de shoyo é show! Acertando o sal.. É sol é sal  é sul! Delicioso! Acho que as tangerinas foram mais eficientes que as laranjas.
As batatas, ligeiramente fritas no azeite, perfect!

                                                                                                                                 Ah! As abobrinhas? Depois eu conto!

Um comentário:

Chris L. disse...

Hummmmmmm!Quase imagino o aroma!