quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Panos para mangas

 Logo no início de  Viagem ao Céu, de Monteiro Lobato, o sítio está fechado. É mes de abril. Então,não fazem nada, ficam de papo pro ar e só comem comidas cruas. Já deixam biscoitos preparados, queijos e aproveitam para se encherem de frutas.







Bem, surgiu no pomar essa coisinha aí, e antes de virar alguma coisa reconhecível, pimba! caía! Abri a dita e lá estava verdinha. Provei. Azedinha. Mas havia algo familiar.. Enviei as fotos para quem sabe das coisas, não foram identificadas. Até que, vendo outras árvores, captei a vossa mensagem ó amado mestre! Mangas!
De que tipo, não sei.

E coincidentemente minha guru Neide Rigo postou sobre o que se fazer com elas. Como boa macaca de imitação, isto é, aprendiz, catei as mangas verdes e tentei descascá-las e picá-las.. Rá! Salva pela Raquel ela o fez. ( é impossível uma pessoa que só usa as  mãos para canetas e teclados partir uma manga verde) E, ao contrário do Síto do Pica-Pau Amarelo, elas foram ao fogo.
Em estando macias, fogo apagado, novamente a brava Raquel as enfrentou no liquidificador e na peneira. ( meu liquidificador é uma porcaria. Custou 60 reais, é da marca faet, uma droga mesmo. Eu tinha um antigão, mas a parte plástica acabou se desfazendo. Esses modernos made in chaina são potentes, mas só para aquilo que está perto das laminas. E esquentam. Alguém tem alguma sugestão de um bom liquidificador como os antigos? que possam bater manteiga pois podem ficar ligados durante meia hora, por exemplo?)
Parte da polpa foi congelada. Com duas colheres dela fiz o suco, DE-LI-CI-O-SO e olha que adocei com açugrin. Bati no mini-mixer, que infelizmente não faz o que promete mas é uma mão na roda pra outras coisas(está na foto) com água gelada e o adoçante.
Não quis esperar a receita do chutney que Neide prometia, então fui misturando coisas na frigideira: meio pimentão (verde , da horta) picadinho, grãos de mostarda, cebolas picadinhas no azeite. Dourando, uma colher cheia de açúcar mascavo, uma pequena de sal. Aí coloquei os pedaços da manga já cozida. Misturando, provando.. e mais um pouco de sal. Achei que precisava passas. Botei e não me arrependo!
A foto vai dele no prato, pois pra fazer essas misturebas fotogênicas só mesmo com equipamentos especiais! Uma delícia com o frango frito, as ervilhas apenas na água e sal  arroz branco feitinho na hora!

3 comentários:

welze disse...

que bom que deu certo. seu prato está apetitoso. um abraço

Angelo M. Moreira da Rocha disse...

Querida prima, seu Blog me deixa com água na boca e descarrego meu apetite nas comidinhas da esposa Laura e nas que compramos fora. Mas só quem pode engordar aqui em casa é ela, a chefe da cozinha, mas como dizem que quem prepara come menos, ela continua magrinha e "lidando" com a casa e a bincharada que a filha deixa por aqui. Eu estou no limite do sobre-peso e minha filha já passou um pouco. Destaque as comidinha que não engordam para tranquilizar minha consciência e leia meu Blog também. Beijos. Angelo

angela disse...

Delicia mesmo, welze!
primo, nada do que posto engorda. O que engorda é comer muito e fora de hora. Pode ficar tranquilo. Tudo saudável. O açúcar mascavo da receita é pouco!Lutei contra o colesterol e os triglicerídeos, então tomo conta! Sim,eu vejo semper seu blog!