terça-feira, 26 de abril de 2011

Ai laik poteitos iu laik potatos

OO coisa boa essa música antiga! Mas eu gosto de batata, papa, potato, como quiser!
E fiz uma pra escolher, diferente!  Descascar as batatas e cortar todas fininhas na .. (vou tirar onda, aprendi HOJE essa palavra em um dos blogs de vocês e já vou usar) no mandolina. Agora esnobei!  Nada de cortador de legumes, aprendi aqui. Tenho um,mas de 1,99, o protetor de dedo não enfia na batata nem por um decreto!
Continuando, vá cortando a batata ,quanto quiser, bem fininha, aí, pega um pirex , forra com papel manteiga, e unta com manteiga ou margarina e vá forrando o pirex com a batata fininha.
Agora vem a diversão: salpique sal, faça mais uma camada de batata, coloque , digamos, raspas de limão e sal, e mais uma camada das batatas, e noz moscada, ou pimenta, ou orégano, queijo ralado! o que bem sonhar  e de tudo, um tempero, uma camada de batata fininha. Quando achar que chega, derrame um pouco de leite, cubra com papel aluminio e leve ao forno por uns 20 minutos. Tire o papel e mantenha no forno por mais 20 minutos!
Uma potEIto diferente e muuito legal, e surpreendente!! A foto não está legal, veja, tasquei cebola em cima, ficou ótimo!

Aí, terminei de ler, este sim!! o ótimo livro de Ruth Reichl, ah.. esse é bom, pois trata da vida dela como crítica de gastronomia, tudo a ver. Receitas e curiosidade novaiorquinas . O grande barato é que ela vai aos restaurantes disfarçada, inventa personalidades, e vê como as aparências ditam o tratamento. Quando vai de "Brenda" o mundo sorri para ela. Já "Evelyn" não tem a mesma sorte. Acredito que eu já tenha sido uma Brenda, não na altura dos saltos, mas um pouco ruiva de nascença, falo mais do que devia, deixando filhos meio envergonhados mas o mundo , gosto de imaginar, um pouco mais simpático. Agora não, pois o mundo não é muito legal às pessoas de cabelos brancos sem maquiagem. Mas, como desde cedo eu decidi que seria uma velha ridícula, não tô nem aí.

Uma das receitas apresentadas no livro é de batata , e que batata! peraí que tem nome, vou pegar o  livro pra achar.. peraí.. só um pouquinho... já volto!



Voltei! demorei porque tinha de dar comida para  os cachorros e tenho de escrever rápido porque daqui a pouco a menina chega da escolinha pra lanchar comigo!ontem ela veio de máscara de coelho!
Então, o nome é hash brown! a receita é enorme,porque tem etapas, mas o marido amou.
8 batatas pequenas cozidas,
6 colh de manteiga sem sal
meia cebola fatiada
sal e pimenta, sal grosso pra colocar por cima.
Espere esfriar as batatas, não devem estar muuuito cozidas, só um pouco, aí descasque e cort em quadradinhos.
Derreta a manteiga (aqui ela manda em frigideira de ferro,não tenho, ferrei-me!) , remova um pouco dela e reserve, coloque as batatas formando um bolo e pressione com uma espátula. Deixe em fogo médio por 6 minutos, até forma uma crosta queimada e fica pressionando e descolando ao mesmo tempo.
espalhe as cebolas por cima com sal e pimenta, tira a frigideira do fogo e cubra com um prato grande e deixe por dois minutos..
Coloque luvas e inverta, deixe o bolo de batata cair no prato.. ah, reze antes pra ele cair inteiro.
Coloque de volta na frigideira que já está com a manteiga derretida, mas com o lado da cebola pra baixo. e deixe mais 5 minutos.
Agora sim, deslize pro prato de servir com sal grosso por cima!
Fica booom! se vale o trabalho? ah.. um pouco, e é potAto!!

8 comentários:

Gina disse...

Essas primeiras batatas, alternando os temperos cada camada... é dos deuses. Dá pra fazer maravilhas com batata.
Por falar em cabelos brancos, hoje fui pintá-los, pois me incomodam. É preciso estar bem consigo mesma, seja tingidos ou brancos.
Bjs.

Andréa disse...

Gostei do cortador de batatas ficam bem fininhas mesmo, muito bom.
A receita da batata, nunca tinha colocado raspas de limão e gostei da maneira que vc preparou.
Quanto ao livro parece ser muito bom , obrigada pela dica.
bjs,
Andréa...

Anônimo disse...

As batatas com certeza ficaram otimas , mas o velhinha ridicula foi demais queria saber , se vc assistiu Diva o filme com a Lilia Cabral e se vc ta assistindo o seriado da globo e demais. Acho que toda mulher depois de 40 deveria assistir, sao coisas do coitidiano de uma mulher madura muitas vezes me achei na personagem beijos Denise ( ha tava com saudades)

Anônimo disse...

Desculpe , cometi uma gafe nao sei quantos anos vc tem talvez seja jovem , mais do que eu . Tenho 44 ja chegando aos 45 por certas ocasioes me acho velhinha demais , por outras to na flor da idade rsrsrsrsrsr Denise

angela disse...

Raspas de limão na batata combinam de um jeito extraordinário! Denise, você é um bebê!! eu estou com 56 anos. Ah! quanta explicação Deus vai ter de me dar..quero saber a cara de pau dEle pra me explicar o tal envelhecimento: cabelo branco, ok, um jeito interessante.. rugas? paciência.. faz parte. Pele seca, ok, vista cegueta? não devia, mas.. aceito.. agora.. barba já é deboche!!!! E sem enxergar direito pra arrancar.. ah.. não faz sentido.

angela disse...

Ah! assisti ao filme sim, série não. Quase não vejo tv, esqueço que existe (já que o marido deixa no futebol o dia inteiro) e quando vejo não tem Globo, a sky não tem globo. Uma pena,um dia zapeei vi uma novela linda, condão encantado.

Andréa disse...

Obrigada amiga pelo carinho!
As flores foram feitas com docinho de leite ninho.
Eu tenho a receita vai no mercadores.
bjs,
Andréa.....

Priscila Rivera disse...

Amei o vídeo né,coisas antigas são apaixonantes. Mas de novo? batatas também? Também amo batatas,sei várias receitas. Até te passei umas 2 lembra?
Vou tentar fazer,fiquei morrendo de vontade!!
Hash brown então nem se fala mas parece bem diícil de fazer!!!
.
.
E que papo é esse de velha ridícula? Eu me amarrei nos seus cabelos sem tinta alguma!! Viu aí o comentário da Denise!!E que barba é essa que vc tá falando? não entendi bulhufas!! risos!
Hey,a SKY tem Globo SIM!!!!!!
Mas voltando as batatas PARABÉNS!! Vou tentar juro,depois do trauma das abóboras fico 'meiassim' sabe? mas tá tão lindo de ver que deu fome!