quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Monte de coisas

Ontem, li no Facebook uma frase que adorei: " Fui ao nutricionista para ver se ele me passava uma dieta, e ele disse que eu estou gorda demais, que tenho de emagrecer e falou: VOCÊ É O QUE VOCÊ COME. Voltei pra casa pensando.. bem, naquela semana eu tinha comido pizza, churrasco, sorvete, bolo de chocolate.. Ah! entou eu sou gostosa!!! "

....................................

Continuo tentando inventar coisas com amoras. Ontem foi bolo. Mas como a auxiliar número um está de férias,  a gente que já não gosta de sair do sítio aí é que não sai mesmo e eu tenho algum tipo de , seilá, masoquismo?auto-punição? que sempre que ela está de folga ou férias aí é que arrumo bagunça. Então fiz pão. E pão, e bolo, mesmo na máquina, é farinha pra tudo o quanto é lado, coisa ótima pra quem mora em sítio, um lugar asséptico, sem insetos...  Foi aí que algo estranho ocorreu. Veja, fiz o pão seguindo a receita que vem no manual (máquina shoptime, segunda leva, ainda custava os óio da cara, minha mãe ainda vivia e me deu de presente de aniversário, o qual, por sinal, está chegando, é dia 24 de outubro, falo isso por falar, sabe como é, vai que alguém está doido pra me dar um presente e só não dá porque não sabe o dia do aniversário? agora já sabe!) 560g de farinha, 310ml de leite, duas colh de manteiga ou óleo , 2 de açúcar, uma de chá de sal, 2emeia de chá de fermento pra pão em pó. 

E,como dá pra ver, o bicho cresceu ! delicioso e lindo.
Já a invenção....
Pois é, eu tive uma amiga em BH, a Talma, que dizia que eu tinha furor criativo. Ela devia saber sobre o que estava falando, pois o marido era médico, deve ter diagosticado. Então, fiz esse bolo roxo, murcho, igual a todos os bolos só que em vez de leite foi suco de amora. 2ovos, 2 colh de margarina, 2 colh e açúcar mascavo, bate tudo na batedeira, duas xícaras de farinha de trigo, uma colh de fermento, um copo de suco.  A intenção primeva era de fazer meio murcho mesmo, tipo bisoito recheado com recheio de geleia de amora, mas acho que vou fazer cobertura de limão.. ainda não fiz porque me esqueci como é que faz.

Mas, nem só de pão e bolo vive o o homem! e fiz uma torta de cebola . Como eu estou sem queijo parmesão , é assim que escreve? eu falo parmezon, muito chic. Aprendi assim com minha cearense mãe que dizia "coquiteile, rapitoxti, rósbife, restoran e parmezon" (trad. coquetel,rapid toast, roast beaf, restaurante e parmesão) e ficou ótima! o marido adorou e eu também!  A massa foi com uma xícara de farinha de trigo, uma gema, uma colh de margarina light, uma pitada de sal e água morna. Amassei tudo e forrei o pirex com ela, sem untar sem nada, e coloquei no forno enquanto preparava o recheio.  Que foi simples, primeiro ainda na margarina a cebola foi refogada até o ponto de transparência , sal, uma colher de nada de farinha, leite desnatado, queijo de minas em pedaços, sei lá, umas duas fatias grossas. Provei, vi que era bom. Clara do ovo batida em neve, queijo ralado (uma colher que tinha sobrado) por cima. 
O homi adorou! lambeu os beiços e quis mais! 
E agora, em homenagem à Denise anonima que é magra e come e não engorda só pra gente ter inveja, o dia de ontem, que ameaçou chuva braba mas não veio, só chuviscou, aí..

5 comentários:

Marly disse...

Oi, Angela,

Adorei a foto da sua "fachada" (eu dizer 'template', mas isto não combina com a imagem, rsrs). Eu tenho uma meia dúzia de suportes para coadores de papel ou daqueles que parecem nylon, mas não consigo abrir mão do meu coador de pano, coisa de quem nasceu nas 'Gerais', rsrs. As suas invencionices sempre me deixam curiosa, com vontade de prová-las, rsrs. E o pão e o bolo viriam mesmo a calhar, para o meu lanche da tarde.

Um beijo (e obrigada pela solidariedade quanto ao assunto do meu último post, peguei o nome do seu outro blog e depois vou dar um pulinho lá)

Anônimo disse...

Minha querida ameiiiii a homengem lindas fotos como ja disse antes o verdadeiro paraiso, e pensar que nasci em um paraiso tambem e sao tao raras as oportunidades que tenho pra ir ate la ( meu paraiso e Fartura SP) mas , nao cuspo no prato que como amo Sampa tambem. Mais uma vez obrigada por tudo pelas receitas e pelas fotos beijo no coraçao Denise.

Mundo do Sabor disse...

Oi,

Ângela,acho muito legal aas suas invencionices.Bolo de amoras,huuum, seria legal se aqui em Salvador tivesse amoras, acredite, nunca vi nem amoras,nem framboesas,cerejaas só em calda,morro de vontade de provar.Manda umas aí do sítio pra mim.rsrsrs
Adorei a chiquesa da sua mãe nas pronúncias em francês e inglês.
www.mundodosabor.blogspot.com

Beijinhos

angela disse...

Marly, também coleciono arcos-iris! Denise lindona!! ehh!! Ah.. minha mãe era uma figura ímpar!

Simples Assim disse...

Oi Angela,
Adorei seu blog e as receitinhas Simples Assim.
Bj e bom sábado e domingo,
Lylia