segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Quilos a mais, last but not least! comendo fora

Dizem que os últimos serão os primeiros e vou deixar por último a primeiríssima.


Então, Curitiba tem um bairro de lindo nome: Santa Felicidade!  e lá vários restaurantes que, segundo consta, servem rodízio. Fomos em um ENORME, parece que é o segundo maior restaurante do mundo. Chama-se Madalosso. Delícia! e ótimo preço. A coisa é assim, você entra e senta, aí começa o rodízio de massas e frango. A mão que aparece na foto é da minha Tia avó que tem 98 anos! E não permite que a ajudemos a entrar e sair de carros, descer escadas, nada!!
A massa com camarão estava divina e até nhoque com tomate seco me fez mudar de opinião a respeito de nhoques.. olha, é coisa para gente sentar e só sair de lá expulso. Mas, tive de ser educada...
 As tirinhas de polenta frita são um troço de bom! Algum dia volto a tentar fazê-las.
Uma das minhas primas (são 5) trouxe essa belezura para uma das refeições maravilhosas que a anfitriã produzia. Ela contou a história do bolo e de quem faz, mas , como bem notou a Gina, eu estava mais feliz que criança na Disney, então , me esqueci.

Na casa de uma das primas, provei o verdadeiro marron glacê.. HUMMM!! gente! é por isso que minha mãe gostava tanto da coisa e eu não! Eu só conhecia doce de batata, ah.. isso aí é passaporte pro paraíso! E essa pizza encomendada.. E eu lá, fingindo que sou educada, me segurando pra não dar uma de Smeagle. Perfeita!

Nesse lugar cheio de lojas turísticas, perto do bosque do alemão, na saída da torre dos filósofos (acho, não garanto, poucos dias, muitos parques!) além de camisetas de  lembrança para a menina, de um cafezinho, saquinhos com chips de banana da terra, mandioca e batata.. hum.. tudo bom demais da conta, comprei licores. Ainda não provei nenhum, várias garrafinhas. Lá oferecem vinhos para degustação, suco de uva natureba(bom demais!) personalizam rótulos de cachaça, vários chocolates gostosos , doces de alfarroba.. enfim. .. paraíso na terra!

 Pro marido, trouxe esse chocolate em forma de CD que ele devorou na hora! O prato ao lado foi em um restaurante a quilo delicioso na companhia da excelente poeta Etel Frota. (baixem os livros!)
Nos encontramos na Cidade da Música, onde acabei gravando meus poemas para irem ao ar dia 14 de dezembro (na internet também!! ao vivo e ao morto) na rádio educativa  às 11 da noite, creio,  (quando chegar pertinho aviso, aviso aviso!) A delícia do prato foi o filé de linguado à milanesa recheado de queijo... hummmmmmmmmmmmmmmm!

Aprendi o que era a tal cueca virada numa das maravilhosas padarias do Centro Histórico apesar de ainda não ver relação entre o nome e  a pessoa..
E, sim, finalmente, conheci a GINA!!! morram de inveja!! Não só a conheci como ela é legal, como ela me deu uma daquelas hóstias natalinas lindíssimas (mas a doida esqueceu de me avisar que estava dentro da sacola, o que até foi bom, pois além da hóstia ganhei um brinquedo:quebra-cabeça!) e seus biscoitos!! O de chocolate é daquelas coisas que devem entrar no último pedido dos condenados  à morte. Juro, pela minha saúde, nunca comi algo tão bom! e o outro está no blog dela hoje  
onde ela conta nosso encontro com muita propriedade até  mesmo mostra a flor de mel que é INCRÌVEL!!!!
E foi bom demais, em tudo. Tão bom que, quando entramos na catedral fomos saudadas por um coral de Aleluia! Aleluia! lindíssimo, emocionante. E ainda conheci a Desirréé, que é uma laurete maravilhosa!
Ah! vou voltar! sei que ainda vou voltar!

Enquanto isso, retomemos  a programação normal!

Um comentário:

Gina disse...

Esse post está uma perdição, engordei só de ver!
Você sabia que hóstia tem que ser partida...rs? Minah cabeça já foi boa, eu juro!
Sinto muito, mas você tem que voltar, faltou muita coisa.
Já começou a fazer dieta?
Bjs.