sábado, 5 de novembro de 2011

sequinho, torradinho e crocante! Refeição completa!

Minhas palavras prediletas na alimentação!
Então, o marido fez a carne moída, certo?
E ela virou ... lasanha! Faço pra congelar .  E bem fácil: um pacote de massa Amalia dá pra 5 quentinhas dessas e sobra um pouco. Quase um quilo de muçarela, duas latas de pomarola com um pouco de água fervidas, quase um quilo de presunto e o tanto de carne moída a gosto. Dessa vez, fervi a carne moída , que estava congelada , junto com o molho.
A massa tem que estar no ponto, mais pra durinha, senão fica molenga, um nojo.
Unto as forminhas, e lá se vão as camadas: massa, 3 folhas de presunto, queijo (ralar antes é uma boa) molho ( não muito, o suficiente para molhar, não encharcar senão fica um nojo e pode dar coceira no céu da boca. Odeio quando isso acontece! )
Lembrando que a última camada não pode ser nem de massa nem de presunto. Pronto, forno  e congelar. Mentira, uma colherada de leite pro tomate não ficar ácido.
E depois, na hora de esquentar, o forno elétrico é a melhor opção, pra ficar sequinha, um tanto torradinha e , quem sabe, com pontas crocantes!

Outra coisa boa é a berinjela.. .ai ai ai.. já tive de procurar se lasanha era com z ou com esse, e como é mesmo que se escreve muçarela e agora a berinjela, beringela.. Lembrou-me meu filho Pedro, que, quando criança, ao não conseguir falar seu nome, dizia "Peedo", e meu cunhado o perturbava imitando, decidiu que seu nome seria Tadeu.
Pois daqui a pouco eu viro a Policarpo Quaresma e mudo tudo!

Um petisco delicioso! sequinho,torradinho e crocante! cortar as moças bem fininhas em rodinhas, envolvê-las em farinha  e sal e colocar no forno. FIM
E pode melhorar!  como o tabuleiro deve levar um fio de azeite pra não grudar( e mesmo assim gruda), é interessante passar o verso pra frente e vice versa. Nesse momento, que vire Pizza! um nada de queijo, um tanto de orégano, um tomatinho ou molho.. hummm
 Agora chegou a hora da sobremesa!
Adoro gergelim, e andei fazendo umas experiências. Torrei um tanto. Parte dele virou manteiga de gergelim, bem interessante. Outra parte gersal, ótimo. Mas, com açúcar mascavo derretido na frigideira.. Ótimo pra quem tem bons dentes! Amei! E a bolinha, foi com mel. Deliciosa também.

Claro que o cafezinho não pode faltar, e, para acompanhar um bolo. Que alegria é tirar um bolo do forno! Bolo de bolo, só um pouco de casca de limão pra dar a impressão chique. E ele fica sequinho, massudo se feito assim: 2 ovos, meia xícara de leite, duas colheres cheias de margarina, 2 xícaras de farinha, uma colher rasa de fermento em pó, menos que uma xícara de açúcar. Bater tudo na batedeira por 4 minutos velocidade alta. A massa grossa vai para forma untada e enfarinhada. O forno quente recebe a forma, aí a gente abaixa o forno e marca 35 minutos no timer. Pronto!
Porém, dois dias depois, ele está ainda firme e bom.. e aí, eu coloquei na grelha.. amei!
 Em geral, se o bolo fica mais ou menos ou sola, ele vira biscoito, na boa. Só partir fininho, colocar no forno em um tabuleiro e pronto. Mas eu só queria uma fatia e coloquei na grelha sobre o fogão. Bom demais da conta!!

4 comentários:

DW disse...

gostei da berinjela! melhor que milanesa, porque nao leva ovo nem gordura! vou fazer.
eu adoro como se fosse lasanha, tambem- substituindo a massa e alternando: berinjela, abobrinha, molho de tomate, muzarela. fica muito bom. bjs

Mundo do Sabor disse...

Você é muito criativa na cozinha.Parabéns!Quero uma quentinhaaa!rsrsrs

Andréa disse...

OLÁ ANGELA!
SÓ SAI COISAS DELICIOSAS E CRIATIVAS DA SUA COZINHA,MARIDO PRENDADO É TUDO DE BOM! EU JÁ TE DISSE O MEU ESPOSO SÓ SABE COMER,RSRS.

TENHA UMA ÓTIMA SEMANA!
BEIJOS.....

angela disse...

Obrigada gente!! Também adoro lasanha de beringela, mas ainda não acertei o ponto, fica meio molenga. Adorava uma de um natural numa galeria em Ipanema.