sexta-feira, 8 de junho de 2012

Texto do Tavito!-

Olá!
Enquanto preparo abóboras e saladas, leio no Facebook esse divertido depoimento do compositor Tavito, sim, o autor de Casa no Campo e Rua Ramalhete, que não gosta de vegetais. Divirtam-se!

Gastrismos...
Acabo de admitir francamente, nesta semivelha idade, que detesto saladas e folhas. Odeio ter uma alface face a face, uma cenoura na salmoura ou um repolho na mira do meu olho. Assusto-me com a alcachofra, assim, de chofre. Vinagre, limão, azeite, qual! Prefiro um filé sangrento ou um cupim suculento, atento ao gozo total, à alegria geral, ao prazer estomacal sem par e sem igual. Rabanete? O cacete. Pro pimentão, então, um sonoro NÃO. E a ridícula rúcula, par constante da selvageria da vagem? Que viagem, irmão... e o agrião? E a bertalha? Alimento de gentalha, de ralé. Sinceramente, viva o filé. Qualé? Esse eu como, como e não me abalo – vegetação é alimento de cavalo. Como aquela tal de couve-flor, um horror. E os brócolis? Apenas toco-lhes as florezinhas e – argh – lá vem um regurgito esquisito e malsão. Quero um espeto de picanha ou um lombinho ao parmesão... e agora dá um tempo nesse agito, que o Tavito vai pro Fogo de Chão.

4 comentários:

leila disse...

ah mas vá ver como ele está feio e gordão

Regina disse...

Hm... mas ele é tão inteligente, divertido e simpático que vale por muitos bonitões sem-graça que circulam por aí.

leila disse...

MAS... se comesse legumes seria tudo isso e ainda bunitim!

Dricka disse...

Divertidissimo, mas acho que vou ficar uns cinco dias sem comer carne, empazinei só de imaginar tanta carne descendo goela abaixo sem a linda guarnição dos verdes vegetais, coloridos e legais.rsrsrsrsrs