sábado, 1 de setembro de 2012

Tortas direitas

Torta de ricota e brócolis  
Descrição:

A horta está uma beleza! e lá estavam os brócolis perfeitos, como buquês. Peguei 4 deles e saí a cata de receitas. Não encontrando, inventei. HUM...
A crosta torradinha, os sabores.. hum...

Ingredientes:
brócolis, tomate, ameixa preta ou passas, amendoas ou nozes, ricota, aveia em flocos, azeite, clara em neve temperos a gosto

Instruções:
Então, a massa é feita de ricota, azeite e aveia. Vá misturando ao seu prazer, aos poucos, já no pirex, pois dá pra ir modelando, forrando o pirex bem fininho. Tive de colocar sal, pois a ricota não tinha nem um pingo. 
Essa massa é ótima até pura, fazendo bolinhas com o tempero que quiser. 
Enfim, pirex forrado, o recheio. Primeiro dei uma branqueada nos brócolis. Para quem não sabe é mergulhar o vegetal em água fervendo. No caso com sal. Aí eles estavam verdes, bonitos e al dente. 
Fui misturando com a ricota, pedaços de tomate cereja (tudo da horta) achei que cebola iria bem mas temi os gases.. então, coloquei pedaços de ameixa preta, e provando. Pois se fica bom cru, vai ficar ótimo assado. 
Essa mistura crua já é um ótimo acompanhamento pra qualquer prato, recomendo!
achei que amendoas combinariam e foi o que fiz. Torrei algumas e misturei trituradas. 
Clara em neve pra dar a liga, e dentro do pirex já forrado. Uns 40 minutos em fogo alto. Ah, temperei com um pouco de nóz moscada e pimenta
Descrição:
Tive de procurar pra saber se beringela é com G ou Jota. Eita lingua complicada!
e complicado também é o nosso organismo. Como muda! Não sei se devo agradecer ao problema de colesterol e triglicerídeo ou ao marido por não gostar de mulheres magras. A verdade é que abandonei os sabores óbvios dos açúcares e das gorduras, dos sundays de chocolate e das frituras, para aprender o gosto maravilhoso que cada coisa tem. Não posso comer feijoada, então aprendi a fazer feijão de forma que criou fama entre os visitantes. Não posso beber álcool por causa da enxaqueca, coisa que já não gostava, então aprendi a misturar sucos e até vinagre. E aí, surgiu no meu computador essa receita dos deuses! claro que não fiz igualzinho. .. hum..

Ingredientes:
crosta: 1 xic de aveia em flocos; meia de farinha de trigo, um ovo, 3 colheres de sopa de azeite
recheio: uma beringela, uma cebola, um dente de alho, um pouco de tomate seco, um pouco de azeite
cobertura- 150 g de queijo de minas, 1 ovo, meio copo de leite desnatado

Instruções:
Primeiro faça a massa, misturando os ingredientes, mas colando a farinha de trigo aos poucos. Aí forra a forma, o pirex. Não precisa de untar não. Por cima da massa, coloque o tomate seco, não muito, só forre a massa, uma camada só. E não precisa ser grudado senão enjoa.

Refoga a cebola e o alho no azeite, acrescenta a beringela e o sal. Quando a beringela estiver bem cozidinha, está pronto. (continuo achando estranho ser com a letra G) 

Bate no liquidificador o ovo , o leite e o queijo de minas. A receita original recomendava dois ovos. Botei um só. Foi pouco, acho que deveria ter colocado um ovo e uma clara. 
E leva ao forno..


Pedaço de Paraíso- Torta de alho poró
Descrição:
Está chovendo aí? aqui está. E muito. O resultado é que estou sem alface, espinafre, minha horta está sentida. No entanto, as raízes estão fortes e resistentes. E, tenho bastante alho porró. e OOOO coisa boa! Bem, a foto mostra o quiche, mas a receita que vou passar é a do suflê. Pois o recheio é praticamente igual. No quiche eu não bati as claras em neve, só isso. O resto foi igual. Aí é ajoelhar e rezar. O primeiro pedaço que se bota na boca já dá um sorriso, uma sensação de ser eleita pelos deuses.. será que é assim o tal barato ? como sempre fui careta, não sei dizer. Mas é um troço de bom! 

Ingredientes:
Alho porró partidinho. a quantidade depende do tamanho, de quantos você tem. 4 finos, dois grossos, três, cinco.. talvez um enorme. 
uma xícara de queijo parmezon ralado.. bem, se só tiver meia, tudo bem. 
outro queijo: existe um tal de gruyere que desconheço. Coloquei uns pedaços de mozarela.
Peito de peru ou similar- sabe desses em fatia? pois é, usei. Mas serve tender, serve presunto, serve bacon, até mesmo o peito de frango de ontem. um pedaço.
ovos. Usei dois. As receitas que vejo dizem 4. Se for suflê, faz em neve. se for em quiche, não precisa, vai inteirão. 
farinha de trigo. Uma ou duas colheres.
leite, mais ou menos uma xícara
creme de leite
duas colh de margarina, uma pitada de sal 


Instruções:
Corta o alho fino, refoga nas duas colheres de margarina, uma pitada de sal. coloca a farinha, depois o leite, deixa engrossar, e queijo, e presunto, e as gemas batidas com o garfo. Aí mistura o creme de leite. Aí, se for suflê, coloca as claras em neve. Unta-se a forma alta e forno quente. Fica de olho, até o garfo sair limpo. Na internet diz-se pra deixar no forno uns 10 minutos. Não gosto, fica meio mole. Gosto quando fica mais seco. 
Aí, é se converter, prometer a Deus que vai ser boazinha pra sempre pra ter a honra de comer isso com uma certa frequência e ficar com um sorriso bobo na cara.

Um comentário:

site disse...

Este segredo à muuuuito que já não é só meu pois já aqui partilhei o meu azar (ou falta de jeito hehehe) para fazer as danadinhas das tortas.
Sempre que chega a hora de as enrolar splash...ou se partem ou ficam todas desajeitadas e nada bonitas, e olhem que faço todos os truques: tirar e enrolar ainda quente, colocar um paninho molhado e blá blá blá por aí fora.