quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Saindo do forno, que delícia!



Anotem antes que eu me esqueça! 
Pefeito, a casca macia, a consistência.. humm..........
-em uma medida de 200ml (um copo americano) um ovo caipira e leite desnatado
-uma colher de chá de açúcar
-meia colher de chá de sal
-1 colher de sopa de óleo Lisa equilíbrio
-3 xícaras de farinha de trigo
-1colher e meia de fermento pra pão em pó(usei fleishman)
Máquina de pão pra mexer por mim e aumentar..

Ficou um pouco mais grudado do que o costume, mas enfarinhei a mesa e abri com rolo, enrolei.
Untei forma de bolo inglês, deixei a massa lá mais uma hora pra crescer.
Aqueci o forno em forno alto. 
10 minutos em forno alto
20 minutos em forno baixo, (no meu é 210-180)

E aí, é felicidade!



domingo, 9 de setembro de 2012

Frango com batata vira prato predileto

Como disse um amigo, essa comida deve ter sido proibida pela convenção de Genebra!!
É bom de dar raiva!
Parece exagero, mas não é.

Ingredientes:
3 peitos de frango                                                   
um quilo de batata
um copo de requeijão
oleo pra fritar
queijo ralado para salpicar



descasque as batatas, pegue umas 3 e cozinhe junto com os peitos de frango e sal.
pegue outras 3 ou 2, dependendo do tamanho, corte em cubinho e frite.
O resto como batata palha.
Quando as batatas estiverem cozidas e o peito de frango também, passe no espremedor de batatas , desfie o frango ( eu uso o processador) 
agora é montar o prato:
unte o pirex, aí comece: primeira camada batata amassada, segunda de frango desfiado, terceira de batata frita, quarta de requeijão ( eu misturei com um pouco de leite e bati também, mas só a metade do copo) quinta de frango desfiado, sexta de requeijão ( aqui eu coloquei em colherada. Ah! a receita original falava em misturar o requeijão com creme de leite) última de batata palha com queijo ralado. Forno quente e pode morrer, a missão está cumprida!!!

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Pão pra lá de bom!

Gosto de fazer  pães e faço na máquina de pão sem medir muito. Em geral é 260ml de líquido( tenho feito com leite desnatado e um ovo) 560 de farinha, 2 colheres de gordura (manteiga, margarina, óleo, azeite) , 2 colh de sopa rasas de açúcar e uma de café de sal, 2 colheres e meia de chá de fermento.

O resto fica por conta da imaginação. Pode colocar no líquido, por exemplo, molho de tomate.. hum...bom! e azeite no lugar de óleo e colocar tempeiros e queijo ralado e terás um pão muuuuito bom.

Mas ontem quis algo simples, meio pão de forma e o sabor ficou maravihoso! dessa vez usei oleo de girassol, açúcar mascavo em vez de açúcar branco e acrescentei meia xícara de aveia em flocos.
Um perigo! é pra comer puro, com queijo, de todo jeito!

Agora, seguem as receitas que estavam no multiply
Pão de pinhão
Categoria:   Outro
Porções:   4 pães

Descrição:
Jesus fez o milagre de multiplicação dos pães. Esta receita é o milagre do desaparecimento dos pães! Uau! é de comer de joelhos! MUUUITO bom. Mais uma vez, copiada do site de Neide Rigo.

Ingredientes:
duas xic de pinhões bem cozidos (1 hora e meia na panela de pressão elétrica)
leite, água morna , açúcar, sal, fermento, um ovo, farinha, margarina

Instruções:
Fiz um pouco diferente, pois usei leite desnatado , margarina no lugar de manteiga sem sal. Reduzi também a quantidade de leite, achei que ficaria demais.
Então, uma xícara de água morna, misturar nela 2 colh e meia de fermento em sachê (ela usa o sachê todo) e 2 colh de açúcar. Um pouco de farinha, e é um barato, porque fica tudo embolhado. Bata bem o ovo e misture aí é colocar mais farinha, e a margarina, umas 2 colh também. E ir sovando, misturando, misturando com leite. Colocar o pinhão bem amassadinho, eu amassei o meu no mixer mesmo. E mais farinha, e leite até dar o ponto.
Deixar descansar coberto com plástico untado por duas horas. Dividir em 4, abrir com o rolo, enrolar como rocambole, colocar na forma untada e enfarinhada, esperar mais uma hora.
Assar assim: primeiro em forno no máximo, por 15 min. Depois abaixar o forno, em forno médio . E prepare-se para me agradecer MUITo assim como eu fiz com a Neide!
.........................................................................................................
Pão de abóbora
ategoria:   Cozinhando

Descrição:
Peguei a receita em um site português, mas, como sempre, modifiquei. Tenho de lembrar de falar sobre isso com o analista!
Fiz na máquina de pão, mas no site era pra fazer na mão.
.


Ingredientes:
200g de abóboras raladas ou trituradas ou moídas cruas
uma xic de água morna ( 2 dl ou 200ml)
500g de farinha
fermento em sache ( usei a metade, a receita manda usar um inteiro)
1 colh de sobremesa de açúcar(usei mascavo)
1 colhz de sal

Instruções:
É misturar e mais nada.
Na máquina de páo usar o número 1- basic
................................................................................................
Pão indiano de frigideira
Categoria:   Outro
Estilo:   Indiano
Considerações especiais:   Baixa Caloria
Porções:   14

Descrição:
Estou numa felicidade, que vocês não calculam!
Na minha cidade não vende pão árabe.
Então, o lance é fazer. Nunca fiz, mas aí vi essa receita de pão indiano, que é a mesma coisa sem açúcar e na frigideira! Rapidinho. Não tem pão? faz esse em 30 minutos!

Ingredientes:
1 xic de farinha integral
1 xic de farinha comum
1/3 de água morna
meia colher de chá de sal

Instruções:
Misture tudo, amasse, deixe tudo homogêneo e elástico.
Deixe a bola de massa numa vasilha untada de óleo e cubra com um pano úmido. Deixe lá por dez minutos.
Deixou?
Abra a massa com o rolo , faça o mais fino possível. Se você quiser pães grandes, como os árabes, corte em 10 pedaços. Eu fiz pequenos com um cortador..
Aí pegue uma frigideira tefal, esquente bem e coloque o disco de massa. Quando dourar, pipocar de um lado, inchar que nem pastel de vendo, vire.
Aí é no olho. Mas, se não estiver totalmente no ponto, é só voltar para a frigideira, sem problema
.......................................................................................................
Pão light de cenoura
Categoria:   Cozinhando
Considerações especiais:   Baixa Caloria

Descrição:
Peguei a receita na internet, pois, realmente a safra cenoural foi grande. Congelei muitas cenouras, preciso de espaço no freezer. Pois bem, achei uma, porém, tive que adaptar a quantidade de farinha. Vou contar como fiz e não como achei na internet. Ficou uma maciez incrível! doce, um sabor ótimo, uma coisa de louco com requeijão!

Ingredientes:
2 grandes cenouras raladas, ou já processadas. (as minhas tinham sido congeladas, logo estavam branqueadas)
1 xíc de água morna
meio saquinho de fermento pra pão em pó ( a receita original mandava um tablete)
1 cebola ralada (como a minha era enorme, coloquei meia)
1 colher de sopa de margarina qualy light
3 dentes de alho amassados
1 colh de sopa de adoçante em pó Tal e Qual.
farinha de trigo integral e comum o quanto chegue. ( a receita mandava só uma xícara e meia, claro que ficou uma papa, nunca viraria pão, fui acrescentando até dar o ponto. Veja que não recomendam sal. Senti falta de uma pitada e acho que com um pouco de noz moscada vai melhorar mais ainda!)

Instruções:
Passar a cenoura pelo processador com a água, reservar. Misturar o fermento com o adoçante ( para quem não gosta de muito doce, pode colocar só uma colher de sobremesa, em vez de ser uma colher de sopa) . Aqueça a margarina e doure a cebola e o alho ( aqui, processei a cebola também, fica uma pasta) Dourados, adicione 'a mistura d eceoura, misture bem e junte aos poucos a farinha até dar o ponto de pão. Fica mais mole do que o pão normal, coloquei uns meio quilo de farinha, alternando a integral com a refinada. Despeje numa mforma média bolo inglês e deixe crescer por uma hora. Asse em forno pre aquecido, uns 175 graus durante uns 25 minutos, dá uma olhada.
. Mas que massa!!!!


Pão integral inventado
ategoria:   Café da Manhã e Lanche
Considerações especiais:   Vegetariana

Descrição:
Sempre posto os pães que vou fazendo e testando e aprovando. Este ganhou! Tem de tudo nele. Bom demais da conta!!

Ingredientes:
260ml de água
300g de farinha integral
100g de farinha de centeio
50g de maizena
30g de aveia em flocos
10 g de germe de trigo
resto de cenoura,espinafre,maçã e couve que ficou na centrífuga
um pouco de passas
umas 5 amendoas
um pouco de ameixa preta macia
as castanhas que ficam dentro dos caroços de ameixa
que mais.....hum....que mais ah! umas tais de macadames
uma colher de café de canela
uma colher de café de gengibre
uma colher de sopa rasa, bem rasa, de açúcar mascavo
duas colheres de sopa de azeite extra virgem
duas colheres de cafezinho de sal marinho
duas e meia colheres de café de fermento em pó. 

Instruções:
Aí é como qualquer pão, é sovar. Mas, no caso, fiz na máquina de fazer pão.
A única diferença é que aprendi que depois do primeiro ciclo, antes de crescer, o pão integral precisa de uma ajudinha, tiro a massa de dentro, verifico se a consistência está boa, no caso não estava, coloquei um pouco mais de farinha, muito pouco, só para deixar a massa mais elástica, e voltei a colocar na máquina.


Pão anti-enxaqueca~
Descrição:
Juro. Li em um dos livros da Sonia Hirsh que existem 3 alimentos anti-enxaqueca: hortelã, centeio e cabeça de carneiro. Como a idéia de matar alguns parentes não me agrada, ando comendo folhas de hortelã em tudo, mas, ontem, resolvi fazer um pão de centeio. Sem receita. Só no sentimento. Ficou UMA DELÌCIA!! E, pasmem: foi comer UMA fatia e a enxaqueca passou na hora. Coincidência? Juro que a dor não era devido 'a fome. 

Ingredientes:
250 g de farinha integral
250 g de centeio
uma col de chá de fermento biológico seco em pó
uma col de sobremesa de gengibre
uma col de sobremesa de açúcar mascavo  
uma pitada de sal
ameixas secas molhadas 
1 xic de água morna
2 col de sopa de azeite extra virgem

Instruções:
Bem, eu comecei fazendo tudo errado.Eu não queria usar fermento, deixei a farinha integral molhada com água morna, mas não fiz a tal papa como recomendam, fiz como se fosse já massa de pão mesmo. Deixei coberta e dormi. Claro que no dia seguinte não tinha bolhas, nada que indicasse ter fermentado, então, acrescentei fermento e o centeio, e fui sovando, sovando, e molhava a mão em água morna para dar o ponto. Como nunca tinha feito pão de centeio achei estranho, parecia areia, mas firme no propósito e continuo a sovar. Aí achei que ia ficar ruim só de farinha e água, e coloquei o gengibre, o açúcar e o sal e o azeite. Deixei descansar por duas horas. 
Depois de duas horas, olhei para cara da massa e fiz. hum...e se eu colocar ameixa? A ameixa eu já tinha há séculos dado uma fervida nela, e guardado com água, então estava mole, fácil de tirar o caroço. Coloquei , sei lá, meia xícara. Ih, ficou molhado demais! então fui amassando e polvilhei com farinha integral, e vi que era bom. Deixei descansar mais uma hora. Aí untei a forma de bolo inglês com azeite extra virgem mesmo, coloquei em forno já aquecido , médio, por 20 min. QUE DELÌCIA!! guardei em saco plástico dentro de geladeira, está perfeito hoje, úmido, saboroso, e é incrível como tira a fome. Uma fatia fina basta!

Pão italiano
Descrição:
Esta receita veio junto da máquina de fazer pão. Que delícia! é de comer ser parar. A foto foi tirada no dia seguinte . A primeira parte foi comida ainda quente, com margarina e uma fatia de mozarela. 

Ingredientes:
260 ml de água
460 g de farinha
2 e meia colheres sopa de massa de tomate
2 colheres de chá de orégano
1 e meia de chá de ervas finas ( a receita dizia manjericão, como eu não tinha usei o conjunto que vem com manjericão)
2 colheres de sopa de azeite
1 colh de chá de sal
2 colher sopa de açúcar
2e meia colhr de chá de fermento

Instruções:
Se você tem a máquina, já sabe: é só jogar a água, e o resto e a máquina apita quando estiver pronto. 
Se não, imagino que seja igual aos outros: amassando, esperando crescer..   

sábado, 1 de setembro de 2012

Escolhe a balinha, escolhe a balinha

Bala diet! Pefeita! jujuba, que coisa boa!


Basta 200ml de água, 1 pacote de gelatina incolor sem sabor e 1 pacote de gelatina colorida. Aí se coloca em forminha de silicone e geladeira. Rapidinho está pronto! Delíciosa! Essa aí fiz com gelatina diet de uva, bala sem culpa! Imagino que dê pra fazer tipo jujuba se molhar um pouco e passar açúcar cristal e esperar secar. A forma eu comprei em loja de 1,99, comprei as duas que estavam lá, bem baratinho, lindo, né?

Essa refeição não é só pra tirar onda não. Além desse aipim delicioso amarelo tostado no forno com azeite, uma salada temperada com molho de framboesas , tudo daqui, delícia, um patê de sardinha com tomate Gomes da Costa. MUITO bom. Suave, gostei mesmo. Aquele  biscoito de arroz que tinha gosto de papel , mas com milho, (papel com milho é mais legal) ficou ótimo com o patê. É suave  mesmo.

Hoje colhi mamão verde e fiz doce de mamão verde com garapa. A receita está aí embaixo, como dessa vez eu não passei no mandolim, foi no ralador mesmo, sobrou. Aí fiz uma parte com açúcar mascavo. Raquel gostou de ambos, mas eu ainda achei doce, então, dessa vez, coloquei limão rosa junto. Ficou bom pra caramba!


Descrição:

É impressionante como meu paladar mudou.. Não gostava de todos os doces caseiros, fazia feio em Cosme e Damião. Cocada preta e só. 
Ah.. mas hoje.. hum.. Que felicidade é ter paladar! Essa receita peguei no excelente blog Come-se, feito pela fantástica Neide Rigo. Mas não deu pra fazer igual ao pai dela..

Ingredientes:
1-mamão verde
1 l de caldo de cana
opcionalmente uma laranja

Instruções:
O mamão tem que estar verde mesmo. Grande, firme e verde!
Coloca-se o caldo de cana pra ferver. Veja se consegue reduzir à metade. Se conseguir engrossar, melhor ainda! É o correto. Mas em fogão à gás é um gasto de gás louco, né? Em fogão à lenha aí é deixar, mexer de vez em quando, ver como está..
Acho que ficou umas duas horas fervendo. 
Cansei de esperar! peguei o mamão, e raspei a casca com aquele raspador de casca mesmo, fininho.. as cascas vão saindo fininhas, enroladas e o cheiro de verde inundando tudo! chega a dar barato! parece que você está na floresta amazônica! que odor maravilhoso, forte, firme! 
Aí você lava bem. Parte ao meio e tira os projetos de sementes, que coisa linda! um mundo branco, branco mesmo, com pequenas pérolas brancas em um ninho aparentemente áspero branco. Um prazer para os olhos! Olhos e narizes bem servidos! Retire bem os caroços e a parte que parece um pano, o ninho dos caroços. Rale tudo e coloque na garapa e deixe mais... quando estiver brilhante, já bem reduzido de garapa, se quiser, esprema uma laranja e deixe mais umpouco.. hum... agora é hora de presentear ao paladar!

Tortas direitas

Torta de ricota e brócolis  
Descrição:

A horta está uma beleza! e lá estavam os brócolis perfeitos, como buquês. Peguei 4 deles e saí a cata de receitas. Não encontrando, inventei. HUM...
A crosta torradinha, os sabores.. hum...

Ingredientes:
brócolis, tomate, ameixa preta ou passas, amendoas ou nozes, ricota, aveia em flocos, azeite, clara em neve temperos a gosto

Instruções:
Então, a massa é feita de ricota, azeite e aveia. Vá misturando ao seu prazer, aos poucos, já no pirex, pois dá pra ir modelando, forrando o pirex bem fininho. Tive de colocar sal, pois a ricota não tinha nem um pingo. 
Essa massa é ótima até pura, fazendo bolinhas com o tempero que quiser. 
Enfim, pirex forrado, o recheio. Primeiro dei uma branqueada nos brócolis. Para quem não sabe é mergulhar o vegetal em água fervendo. No caso com sal. Aí eles estavam verdes, bonitos e al dente. 
Fui misturando com a ricota, pedaços de tomate cereja (tudo da horta) achei que cebola iria bem mas temi os gases.. então, coloquei pedaços de ameixa preta, e provando. Pois se fica bom cru, vai ficar ótimo assado. 
Essa mistura crua já é um ótimo acompanhamento pra qualquer prato, recomendo!
achei que amendoas combinariam e foi o que fiz. Torrei algumas e misturei trituradas. 
Clara em neve pra dar a liga, e dentro do pirex já forrado. Uns 40 minutos em fogo alto. Ah, temperei com um pouco de nóz moscada e pimenta
Descrição:
Tive de procurar pra saber se beringela é com G ou Jota. Eita lingua complicada!
e complicado também é o nosso organismo. Como muda! Não sei se devo agradecer ao problema de colesterol e triglicerídeo ou ao marido por não gostar de mulheres magras. A verdade é que abandonei os sabores óbvios dos açúcares e das gorduras, dos sundays de chocolate e das frituras, para aprender o gosto maravilhoso que cada coisa tem. Não posso comer feijoada, então aprendi a fazer feijão de forma que criou fama entre os visitantes. Não posso beber álcool por causa da enxaqueca, coisa que já não gostava, então aprendi a misturar sucos e até vinagre. E aí, surgiu no meu computador essa receita dos deuses! claro que não fiz igualzinho. .. hum..

Ingredientes:
crosta: 1 xic de aveia em flocos; meia de farinha de trigo, um ovo, 3 colheres de sopa de azeite
recheio: uma beringela, uma cebola, um dente de alho, um pouco de tomate seco, um pouco de azeite
cobertura- 150 g de queijo de minas, 1 ovo, meio copo de leite desnatado

Instruções:
Primeiro faça a massa, misturando os ingredientes, mas colando a farinha de trigo aos poucos. Aí forra a forma, o pirex. Não precisa de untar não. Por cima da massa, coloque o tomate seco, não muito, só forre a massa, uma camada só. E não precisa ser grudado senão enjoa.

Refoga a cebola e o alho no azeite, acrescenta a beringela e o sal. Quando a beringela estiver bem cozidinha, está pronto. (continuo achando estranho ser com a letra G) 

Bate no liquidificador o ovo , o leite e o queijo de minas. A receita original recomendava dois ovos. Botei um só. Foi pouco, acho que deveria ter colocado um ovo e uma clara. 
E leva ao forno..


Pedaço de Paraíso- Torta de alho poró
Descrição:
Está chovendo aí? aqui está. E muito. O resultado é que estou sem alface, espinafre, minha horta está sentida. No entanto, as raízes estão fortes e resistentes. E, tenho bastante alho porró. e OOOO coisa boa! Bem, a foto mostra o quiche, mas a receita que vou passar é a do suflê. Pois o recheio é praticamente igual. No quiche eu não bati as claras em neve, só isso. O resto foi igual. Aí é ajoelhar e rezar. O primeiro pedaço que se bota na boca já dá um sorriso, uma sensação de ser eleita pelos deuses.. será que é assim o tal barato ? como sempre fui careta, não sei dizer. Mas é um troço de bom! 

Ingredientes:
Alho porró partidinho. a quantidade depende do tamanho, de quantos você tem. 4 finos, dois grossos, três, cinco.. talvez um enorme. 
uma xícara de queijo parmezon ralado.. bem, se só tiver meia, tudo bem. 
outro queijo: existe um tal de gruyere que desconheço. Coloquei uns pedaços de mozarela.
Peito de peru ou similar- sabe desses em fatia? pois é, usei. Mas serve tender, serve presunto, serve bacon, até mesmo o peito de frango de ontem. um pedaço.
ovos. Usei dois. As receitas que vejo dizem 4. Se for suflê, faz em neve. se for em quiche, não precisa, vai inteirão. 
farinha de trigo. Uma ou duas colheres.
leite, mais ou menos uma xícara
creme de leite
duas colh de margarina, uma pitada de sal 


Instruções:
Corta o alho fino, refoga nas duas colheres de margarina, uma pitada de sal. coloca a farinha, depois o leite, deixa engrossar, e queijo, e presunto, e as gemas batidas com o garfo. Aí mistura o creme de leite. Aí, se for suflê, coloca as claras em neve. Unta-se a forma alta e forno quente. Fica de olho, até o garfo sair limpo. Na internet diz-se pra deixar no forno uns 10 minutos. Não gosto, fica meio mole. Gosto quando fica mais seco. 
Aí, é se converter, prometer a Deus que vai ser boazinha pra sempre pra ter a honra de comer isso com uma certa frequência e ficar com um sorriso bobo na cara.